Comer consciente: Descubra em 7 passos a técnica Mindful eating.

1

Mindful eating. Você sabe exatamente o que significa essa expressão? “Mind” vem de mente e “eating” de comer, ou seja, significa “comer consciente”.

No começo pode parecer meio estranho, mas ao que tudo indica, é algo fisiológico e natural do ser humano que vem sendo deixado de lado a cada nova geração.

Com a correria da vida, estresse no trabalho e acúmulo de tarefas, a hora mais sagrada está sendo reduzida a quase nada. Afinal, tornou-se normal achar que é perda de tempo sentar em um ambiente tranquilo para realizar alguma refeição e que simplesmente pode-se fazer tudo em frente ao notebook, à televisão, ou mesmo enquanto troca mensagens no smartphone.

E então, se indentificou?

Se lembra a última vez que você apenas realizou sua refeição, sem qualquer outra distração?

Não?

Fique tranquilo, pois você não é a única pessoa a enfrentar esse problema. Muito pelo contrário!

Portanto, eu trouxe aqui 7 dicas essenciais que te ajudarão a conhecer o Mindful eating e a trabalhar esse lado consciente sobre a comida.

 

1) Mastigue devagar

mastigaçãoEsse simples ato tem o papel importante de enviar uma mensagem ao cérebro, atuando no centro da fome e saciedade, ou seja, promovendo o controle da ingestão da comida.

Outra parte importante é que, a saliva em contato com o alimento, ajuda no processo de digestão.

 

2) Conheça sua fome

Não ignoreconheça sua fome sua fome pois ela indica o que seu organismo está pedindo naquele momento.

Esse papo de comer de 3 em 3 horas é algo imposto e que não tem fundamento algum. O que não pode ocorrer é ignorar os sinais da fome e acabar exagerando na alimentação mais tarde.

 

 

3) Não coma estressado

estresseNunca! O estresse cotidiano certamente é um dos maiores males do mundo contemporâneo. Além dos malefícios fisiológicos causados, ele atrapalha nossa percepção do prazer, provando que não sentiremos o sabor verdadeiro daquele prato maravilhoso e aí acabamos comendo mais.

 

Então procure um ambiente calmo, silencioso, longe de notícias que possam te aborrecer e siga para o próximo passo.

 

 

4) Respire fundo

respirefundo

Preste atenção no alimento, ao ambiente que o cerca e principalmente em si mesmo, ao começar com a respiração.

Pode parecer viagem, mas não é. Respirar corretamente alivia a ansiedade e ajuda muito a controlar os níveis de estresse.

Por isso, esvazie sua mente e reflita antes de dar a primeira garfada no prato, isso te ajudará a perceber seu nível de fome.

 

 

5) Evite distrações

evite distraçõesAqui está a principal base da técnica do Mindful eating. Desligue a TV e mantenha o celular longe dos olhos (e dos ouvidos) na hora das refeições. Leituras e conversas intensas também não são bem vindas nessa hora.

Como todo novo hábito, no começo pode parecer difícil, mas depois eu garanto: você vai sentir uma grande diferença. A ideia é manter-se sempre focado no alimento e na mastigação.

 

 

6) Aproveite a refeição

É terrível a sensação de acabar a refeição e, naquela aproveite a refeiçõacorreria, nem lembrar do gosto do alimento comido.

Aprecie o sabor de cada ítem da sua refeição (ainda que seja apenas um). Preste atenção nos detalhes do alimento! Isso vai te fazer ter mais prazer em comê-lo, além de aumentar a sensação de saciedade.

 

 

7) Preste atenção aos efeitos da comida sobre você


Uma boa avaliação é escrever de forma simplificada no papel, como um diário alimentar, as respostas dessas perguntas citadas abaixo:

como-fazer-um-recordatorio-alimentar-1

  • O que acontece com você após a refeição?
  • Qual alimento te dá mais saciedade?
  • Qual alimento te faz mal? 
  • Quais são suas preferências?
  • Como estava seu humor antes, e como ficou durante e após a refeição?
  • Você sentiu satisfação e prazer? Ou ansiedade e culpa?

 

 

Recapitulando

Neste post você leu sobre Mindful eating e descobriu 7 passos para criar esse hábito em sua vida:

  1. Mastigue devagar
  2. Conheça sua fome
  3. Não coma estressado
  4. Respire fundo
  5. Evite distrações
  6. Aproveite a refeição
  7. Preste atenção aos efeitos da comida sobre você

Afinal, para comer bem é essencial ter consciência de si e do alimento ingerido.

É sempre bom lembrar: Tenha paciência. Hábitos são construídos a longo prazo.

Alguns dias você conseguirá, outros não. Não tente mudar de uma vez só, tenha em mente que pequenos passos já fazem a diferença.

E viva a consciência sobre as refeições!

Nutribeijos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *