A verdade sobre os adoçantes!

swetts

Atualmente os edulcorantes são utilizados em excesso e sem nenhuma recomendação médica.

Por isso é importante sabermos as propriedades e funções dos adoçantes presentes na alimentação da população.

Muitas vezes a retirada do açúcar da dieta ajuda na perda de peso, mas não se engane com produtos diet e light…

Um exemplo é o chocolate diet, onde o ingrediente que é retirado é o açúcar e com isso adiciona mais gordura, ou seja, o chocolate fica bem mais calórico.

Produto diet significa a retirada total de algum ingrediente do produto.

Produto light é retirada de 25% de algum ingrediente do produto.

café

Portanto leia mais os rótulos e fique atento as peças que a indústria alimentícia e a mídia podem te pregar.

Citarei todos os edulcorantes conhecidos e suas propriedades:

Frutose

Vantagens:

Poder adoçante maior.

Fonte natural.

Não exige insulina para seu metabolismo.

Desvantagens:

Não é muito recomendado para diabéticos, pois a fruta consumida na dieta já possui frutose.

Sintomas gastrointestinais (diarreia osmótica) e elevação de triglicerídeos pelo consumo excessivo.

Sorbitol:

Vantagens:

Dar corpo aos adoçantes de mesa de forma líquida.

Não é tóxico, mutagênico, carcinogênico ou cariogênico.

Desvantagens:

Aumenta a excreção de minerais, como o cálcio, podendo favorecer o aparecimento de pedra nos rins.

Doses acima de 30 g pode causar efeito diurético.

Dose acima de 10 g pode ocasionar distúrbios gastrointestinais como diarreia osmótica, flatulência e cólicas intestinais.

 

Aspartame

Vantagens:

Não é carcinogênico e não está associado as desordens neurológicas.

Desvantagens:

Não colocar em elevadas temperaturas.

Pessoas com fenilcetonúria não podem fazer uso.

 

Sacarina:

Vantagens:

Poder de adoçar 200 a 700 vezes mais que a sacarose.

Desvantagens:

Para  reduzir seu sabor residual ela é adicionada junto com ciclamato e  aspartame.

Ciclamato de sódio

Vantagens:

Não calórica.

Desvantagens: Hipertensos atenção, pois possui sódio.

Sucralose:

Vantagens:

Não calórica.

Adoça 400 a 800 vezes mais que a sacarose.

Apresenta sabor semelhante a sacarose.

Não possui gosto residual amargo ou metálico.

Não tóxico.

Não provoca cáries.

 adoça

Desvantagens:

Edulcorante artificial derivado da sacarose.

Nem todos podem gostar do sabor.

Esteviosídeo

Vantagens:

Natural, não calórico e extraído das folhas Stevia Reubadiana Bertoni,originária da América Latina.

Poder adoçante de 100 a 300 vezes mais do que a sacarose.

Não fermentável.

Não provoca cáries.

Baixo risco toxicológico.

Não calórico.

 Desvantagens:

Sabor residual.

 

Acesulfame-K

Vantagens:

Pode ser usado por diabéticos.         

Não provoca cáries.

Não tóxico.

 Desvantagens:

Edulcorante artificial.

                                              

Neotame

Vantagens:

Poder adoçante muito grande, portanto, use em pequenas quantidades.

Não tóxico.           

 

Eritritol

Vantagens:

Não provoca cáries.

Praticamente zero caloria.

Intensidade de doçura de 60% a 70%.

Uso culinário.

Sabor doce e sem resíduos.

Seguro para diabéticos.

Tolerância digestiva.

 

Xilitol

Vantagens:

Não provoca cáries.

Bem tolerado.

Seguro para diabéticos.

Aparência e sabor semelhantes ao açúcar.

Desvantagens:

Uso excessivo pode ter efeito laxativo, logo recomenda-se uso de 60 g por dia.

 xilitol

Taumatina

Vantagens:

Não calórico.

Não toxicológica e segura.

Reduz sabor residual.

café 2

 

Artigo Taumatina Dietmax. (2012). Adoçante e realçador de sabor 100% natural para melhoria sensorial e redução calórica de alimentos, bebidas, produtos farmacêuticos e medicinais.

Cartilha da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Dietéticos (2011). Adoçantes, entenda melhor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *